AMVC - Arquitectos e Associados

 

Funicular, Estação Inferior - 1.º classificado

SITUAÇÃO URBANA     

O Programa Polis em Viseu desenvolve-se segundo dois eixos estruturantes, um no sentido Este-Oeste e outro no sentido Norte-Sul que compreende a requalificação do espaço público da Cava de Viriato, Monumento Nacional de traçado octogonal com 2000 m de perímetro e uma área de 32 hectares. Junto a este local existe o recinto da Feira de S. Mateus, adjacente ao Rio Pavia, neste momento também a ser objecto de requalificação.

É a partir deste espaço que será implementado o acesso mecânico (funicular/meio mecânico) não poluente que nos transportará ao topo da colina junto da catedral, ligando a parte baixa da cidade com o Centro Histórico. Nos extremos desse eixo, situam-se as estações do funicular, à cota 470,44 a Estação Superior e à cota 438,00 a Estação Inferior.  

PROGRAMA 

Implantação de um Funicular/Meio Mecânico de transporte de passageiros na Calçada de Viriato no Âmbito da Intervenção do Programa Polis em Viseu.  

CONCEITO DE INTERVENÇÃO                 

No que diz respeito ao conceito e filosofia de intervenção, já estava definido pelo estudo prévio. Deste modo o objectivo do presente projecto foi articular essas orientações com questões de ordem funcional e técnica tendo sempre presente o estudo realizado.